CRUZANDO FRONTEIRAS NA AMÉRICA DO SUL

Compartilhamos algumas informações importantes para que você evite aborrecimentos com questões burocráticas durante a sua viagem de moto na América do Sul. Confira a seguir:

 
DOCUMENTOS

Se a moto estiver no seu nome, basta apresentar a documentação original da moto e o seu RG/ou passaporte para entrar. Além disso, precisará apresentar o seguro carta verde ou Soapex (veja mais abaixo). Lembre-se que a CNH não é um documento pessoal. Ela é válida para provar a sua habilitação para conduzir veículos, mas você deve portar um documento pessoal. Não é preciso ter a PID (Permissão Internacional para Dirigir) enquanto você estiver dentro da validade do “carimbo” ou do visto que normalmente é de 6 meses.

  

SEGUROS


Carta Verde

Na Argentina e no Uruguai você precisa contratar obrigatoriamente o seguro carta-verde. Ele indica o veículo, o condutor e o período de validade. Ele é cobrado por dia de permanência no país vizinho e cobre danos materiais e corporais contra terceiros. Um corretor de seguros pode te ajudar ou, se for de última hora, o serviço normalmente é oferecido nas fronteiras. Sem esse seguro, o seu veículo poderá ser apreendido.


SOAPEX - Seguro para entrar no Chile

Esse é o seguro obrigatório para você entrar no Chile. Assim como o seguro carta-verde, ele contempla o tipo de veículo e a permanência no país. Sem esse seguro, o seu veículo poderá ser apreendido.


Seguro do veículo

Esse é um ponto muito importante. Alguns seguros de veículos já incluem a cobertura para o Mercosul. Nesse caso, você já está coberto no Uruguai e Argentina. Contudo, fique atento à franquia de guincho e outros detalhes. Caso exista um acidente ou uma pane no veículo, o seguro cobre com a mesma cobertura do Brasil, mas preste atenção: se você precisar de um reboque, o guincho partirá do Brasil, podendo levar dias para chegar até você. Normalmente, o melhor a fazer é pegar um socorro local e pegar a nota fiscal para ser reembolsado posteriormente.

Caso o seu seguro não inclua Mercosul e/ou você necessite entrar no Chile, faça a extensão de perímetro ou um seguro novo pelo período da viagem.

 

 

 

VIAJAR COM A TRX

Nas viagens da TRX na América do Sul, toda a documentação e seguros estão inclusos. Você não precisa se preocupar com nada. É só pegar um voo para a cidade de início do tour e nossa equipe estará te esperando com toda a estrutura para você curtir dias inesquecíveis.


DIFERENCIAIS TRX

  • Operação oficial Triumph: garantia de qualidade e confiabilidade;
  • Roteiro desenvolvido por equipe com vasta experiência na região;
  • Grupo de, no máximo 8 motos, para melhor atendimento aos clientes durante a operação;
  • Motos com no máximo 6 meses de uso e top-case;
  • Documentação inclusa e seguro total, sem pagamento de franquia por roubo ou danos;
  • Seguro-viagem;
  • Guias com certificação avançada em pilotagem, mecânica e primeiros socorros pela WMA;
  • Carro de apoio com máximo de 3 anos de uso, ampla capacidade de bagagens, suporte mecânico e de primeiros-socorros;
  • Moto reserva;
  • Hotéis de categoria superior;
  • Pagamento em até 12x sem juros nos cartões VISA e MASTER (consulte outras condições);
  • Kit viagem composto por brindes TRX;
  • Aberto a clientes de todas as marcas (não é necessário possuir uma moto Triumph para participar das atividades TRX).