QUANDO VIAJAR NA AMÉRICA DO SUL

Diferentemente da Europa, onde, em certos períodos do ano, por conta do frio extremo e da neve, é inviável viajar de moto em qualquer região do continente, na América do Sul sempre há um destino possível.
 
Porém, quando estamos falando das regiões mais procuradas pelos motociclistas: Atacama, Patagônia e Ushuaia, precisamos sim prestar atenção à época correta para programar a viagem devido ao frio, estradas fechadas, nevascas etc.
 
Por isso, a primeira pergunta que deve ser feita para escolher o destino da sua viagem é: “Quando posso viajar?”.
 
Se o período possível para você está entre os meses de abril e setembro, viajar nos destinos acima se torna bastante arriscado. Nesse caso, o Brasil é uma boa alternativa e por aqui temos opções para todos os gostos.
 
Mas se o seu objetivo é conhecer o deserto do Atacama, desbravar a Patagônia ou chegar ao fim do mundo, na cidade de Ushuaia, então preste atenção nas datas recomendadas:
 

Atacama

Ideal: novembro a março

Possível: setembro a abril

Arriscado:  abril a agosto

Patagônia

Ideal: novembro a março

Possível:setembro a abril

Arriscado: abril a agosto

 Ushuaia e Terra do Fogo

Ideal: dezembro a janeiro

Possível: novembro a fevereiro

Arriscado: março a outubro

Vale destacar que as recomendações acima são baseadas em nossas experiências, mas existe sempre o fator “sorte”, com semanas mais quentes/frias ou chuvosas em todo o ano.

CLIMA E ALTITUDE

Mesmo seguindo as sugestões acima, vale destacar que pilotar na América do Sul, com grande variação de altitude, acarreta drásticas mudanças de temperatura e afeta sua sensação de bem-estar.

Deserto do Atacama

Ir para o Atacama de moto “obriga” você a passar pela Cordilheira dos Andes, normalmente pelo Paso Jama, que fica a mais de 4.800 metros de altitude. Portanto, indo nos meses ideais, você terá temperaturas em torno de 28 graus na base das montanhas, mas poderá enfrentar temperaturas de 0 a 10 graus no topo, mesmo em um dia ensolarado. Além disso, com a altitude aumentando você poderá sentir o “mal de altitude”. Para evitar, hidrate-se bastante e evite esforços físicos além da pilotagem.
 
Já em San Pedro do Atacama, você terá temperaturas bem quentes durante o dia (35 graus) e temperaturas amenas (20 graus) à noite.

Patagônia 

A Patagônia pode ser dividida em 2 regiões principais. Um raio de 300 km desde Bariloche (Argentina), inclusive abrangendo o território chileno e outro num raio de 300 km desde El Calafate (Argentina), incluindo Chile também.

 
A Patagônia mais ao norte não tem grandes montanhas e, com isso, a temperatura é bem constante durante toda a viagem. Aqui incluímos Villa la Angostura, Puerto Montt, Valdivia, Pucón, San Martín de los Andes, etc. As temperaturas nessa região giram em torno de 28 graus mas, se pegar uma frente fria ou chuvosa, pode cair para cerca de 10 graus, mesmo no verão. Essa é a Patagônia!
 
Agora, ao rodar na parte Sul na região, que compreende boa parte da Carretera Austral, El Calafate, El Chalten, Torres del Paine, etc, normalmente teremos temperaturas na faixa de 20 graus, podendo cair para próximo a zero. Aqui existem diversos passeios a pé em locais “congelantes”. Esteja preparado para temperaturas mais extremas.

Ushuaia
 

Localizada na “Terra do Fogo”, a cidade de Ushuaia fica no ponto mais ao sul do nosso continente. Além de estar no nível do mar e ser uma cidade costeira, esteja sempre preparado para enfrentar temperaturas baixas. Mesmo no verão, a temperatura média fica em torno de 15 graus, porém pode chegar próximo a zero, com sensação térmica negativa, dependendo do clima na semana em que estiver lá.
 


VIAJAR COMA TRX

As viagens da TRX na América do Sul ocorrem sempre no período mais adequado para que você tenha a melhor experiência possível. Toda a documentação das motocicletas e os seguros necessários para a viagem estão inclusos e você conta com o suporte de um carro de apoio para suas bagagens e qualquer eventualidade, além de guias experientes para te auxiliar em qualquer demanda. Viaje com a gente e se preocupe apenas em curtir dias inesquecíveis!

DIFERENCIAIS TRX

• Operação oficial Triumph: garantia de qualidade e confiabilidade;
• Roteiro desenvolvido por equipe com vasta experiência na região;
• Grupo de, no máximo 8 motos, para melhor atendimento aos clientes durante a operação;
• Motos com no máximo 6 meses de uso e top-case;
• Documentação inclusa e seguro total, sem pagamento de franquia por roubo ou danos;
• Seguro-viagem;
• Guias com certificação avançada em pilotagem, mecânica e primeiros socorros pela WMA;
• Carro de apoio com máximo de 3 anos de uso, ampla capacidade de bagagens, suporte mecânico e de primeiros-socorros;
• Moto reserva;
• Hotéis de categoria superior;
• Pagamento em até 12x sem juros nos cartões VISA e MASTER (consulte outras condições);
• Kit viagem composto por brindes TRX;
• Aberto a clientes de todas as marcas (não é necessário possuir uma moto Triumph para participar das atividades TRX).